terça-feira, 17 de julho de 2012

Um rumo diferente

Com o passar dos dias torna-se evidente que o plano de Sá Pinto e Freitas para o próximo Sporting é bem diferente que o da imprensa ou de qualquer adepto, isso é bom. Nós adeptos vemos o óbvio (não sabemos quase nada de fundamental, a opinião do treinador, o valor dos atletas, o dinheiro disponível para transferências e salários, etc), a imprensa vê tudo o que for sensacionalista, mas quem decide não somos nós.

A "despromoção" de Árias e Neto só vem provar mais uma vez que tudo o que se lê semanas a fio nos jornais e todas as nossas especulações em blogues, valem pouco mais que exercicios de futurologia pura.
Nunca na vida nos lembraríamos de Pranjic ou Gelson Fernandes, tal como talvez nunca iremos ser capazes de descobrir quem é o central ou o avançado que está a ser negociado. Tudo a seu tempo. Não vale sequer a pena estar a pensar se  Nuno Reis é um dos centrais a ocupar as 2 vagas abertas. Isso depende do seu talento e das prioridades do corpo técnico, mais do que tudo o que possamos imaginar.

É com algum divertimento que vejo as "apalpadelas" sistemáticas que os treinadores de bancada dão à construção do plantel do Sporting. Rio-me porque entendo que neste momento não há sinais de fumo nem de rumo a circular na imprensa que possa ser vistos como fidedignos. Assim resta esperar calmamente por comunicados e não por capas de jornal folclóricas. Quem quiser fazer algo mais assertivo, pode ir renovando a Gamebox.

Até breve.

PS Liedson no Sorting? Os símbolos ganham jogos?

1 comentário:

  1. Boa tarde

    Iniciei um blog sobre o maior clube do mundo, Sporting Clube de Portugal.

    Já adicionei o seu link ao meu blogroll, agradecia se fizesse o mesmo.
    Muito obrigado.

    Blog do Sportinguista - blogdosportinguista.blogspot.pt

    ResponderEliminar