quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

O ponta de lança

É o lugar mais importante da equipa. Sei que muitos acham que é o organizador, o 10, o jogador mais influente de uma equipa. Mas para mim os jogos ganham-se com golos e não com passes. A função de ponta de lança (não de avançado, esse pode nem ter a função de marcar golos) é ingrata e muitas vezes incompreendida.

Em Portugal começamos agora a despertar para uma visão correcta do que é um goleador. Durante décadas quisemos marcadores de golos que fintassem, que tivessem um primor técnico acima da média, mas tal não é essencial para que se tenha um “punta” fora de série.

Um ponta de lança são números, eficácia em frente à baliza, em 10 oportunidades factura 5, se for muito muito bom, facturará 6 ou 7. O resto não interessa, se o fez com nota artística ou depois de um ressalto é igual. Qualquer equipa depende do resultado e logo depende do seu homem golo, às vezes apenas para chamar os centrais a abrir espaços para outros colegas alvejarem a baliza.

Um onze com o seu goleador em crise de golos, é uma equipa que tem de trabalhar muito mais, criar mais oportunidades, mais volume de jogo, mais tempo gasto em pressão à procura da bola e mais esforços por criar dinâmicas em velocidade. Ora isto é precisamente um dos problemas do Sporting neste momento. Liedson está a acabar o seu reinado e Postiga, apesar de todo o mérito, não tem (com algum azar à mistura) sido capaz de uma produtividade por ai além.

A sucessão de Liedson é a meu ver uma prioridade, mesmo que o luso-brasileiro queira jogar mais anos, não é do interesse de um clube como o Sporting “reservar” lugares no onze, por melhor que seja o historial de um jogador. A verdade é que os números do levezinho vêm a cair sucessivamente e as “crises” de golo são cada vez maiores. É certo que um bom ponta de lança custa muito dinheiro, mas também não deixa de ser evidente que se gastámos 6,5 milhões em Pongolle, reavendo metade dessa verba, seria mais que suficiente para encontrar um jogador que valha 15/20 golos por época.

Se não for nesta abertura de mercado, sinceramente ninguém o espera, os responsáveis do Sporting deveriam, pelo menos no fecho da época, contratar um jogador que, depois de um aprofundado estudo de mercado reúna as condições para ingressar no clube e ter sucesso. Há quantos anos um jogador do Sporting não passa a barreira dos 20 golos? Quantos anos vamos ter de esperar mais?

Até breve.

1 comentário:

  1. Pode linkar aqui o meu blog (http://sportingpornos.blogspot.com/) ?!

    O seu já se encontra lá listado...

    Obrigado...

    ResponderEliminar